O que é a conciliação bancária?

Concialiação Bancária

O que é a conciliação bancária?

A conciliação bancária é um processo utilizado para garantir que todas as operações financeiras que foram devidamente realizadas estejam reconhecidas nos extratos bancários e na movimentação contábil de uma determinada empresa.

Nesse relatório é possível apontar e entender eventuais diferenças entre o que está registrado no sistema NFSERVICE e o que está apresentado no extrato bancário, já que é comum que existam cheques não compensados, além de depósitos bloqueados que geram a necessidade de conciliação.

Por que fazer a conciliação bancária?

Assim como outras ferramentas financeiras, como é o caso do fluxo de caixa, a conciliação bancária pode ser utilizada como fonte de detalhamento de entradas e saídas de recursos. Para empresas que têm uma movimentação muito grande de cheques, a conciliação permite acompanhar aqueles que já foram descontados e os que ainda estão a compensar.

Essa técnica ainda permite que sejam conciliados valores de clientes e de pagamentos efetuados, já que em muitas empresas esse processo é feito quase que totalmente pelo banco, o que demanda uma conferência dos números apresentados.

Cuidados com sua conciliação bancária:

Para que a conciliação bancária seja efetiva, é preciso que ela seja tempestiva, ou seja, deverá ser lançada e atualizada, de preferência, diariamente.

No caso de diferenças entre o extrato e o que está registrado no sistema, esses valores deverão estar explicados e detalhados na conciliação, permitindo que sejam entendidos todos os lançamentos e, no caso de diferenças ainda não explicadas, esses valores devem estar evidenciados para que possam ser resolvidos futuramente.

A conciliação bancária que é feita, normalmente, dentro da tesouraria da empresa, deverá observar a segregação de funções. Para evitar erros ou fraudes no processo, ela deverá ser realizada por uma pessoa diferente da que faz os depósitos ou até mesmo daquela que faz a emissão dos extratos.

Como fazer uma conciliação bancária?

Não é difícil elaborar uma conciliação bancária, porém é possível agilizar ainda mais esse processo contando com a ajuda do software NFSERVICE. De qualquer maneira, utilizando as ferramentas certas (tecnológicas ou não), o empreendedor deve seguir 3 passos principais para controlar o processo com eficiência. São eles:

Prestação de contas

É muito importante que o empreendedor registre diariamente todas as entradas e saídas das contas do banco, não se esquecendo dos juros e tarifas. Tal prestação de contas deve ser feita de forma organizada e detalhada ou prejudicará as futuras avaliações.

Conferência dos saldos

Apesar de ser algo cansativo de fazer, é fundamental que os saldos sejam verificados. Dessa forma, é preciso conferir se os saldos finais e iniciais do controle interno estão de acordo com os extratos do banco.

Correção e armazenamento

Por último, tudo que for diferente nos dados registrados no controle interno e presentes nas contas do banco deve ser corrigido no mesmo momento em que for notado. Além do mais, uma boa dica é guardar comprovantes de pagamentos, notas fiscais e extratos para facilitar o acesso a essas informações.

Vamos lá, como controlar no sistema NFSEVICEtodos os lançamentos registrados no contas a pagar e contas a receber são integrados com a conciliação bancária, facilitando e muito a conciliação:

  1. Conciliação Bancária
  2. Imprimir Extrato Bancário

 

 

Ainda não é cliente NFSERVICE, não perca mais tempo, clique agora e experimente o sistema por 15 dias gratuitamente

 

Leia Também: Planejamento financeiro: um passo a passo indispensável

 

Fonte: http://www.sebrae.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *